Urban Beach: indivíduo não conseguiu fazer queixa na polícia, pois não tinha vídeo viral

Depois de dezenas de queixas na polícia contra os seguranças, foi preciso as imagens chegarem às redes sociais para que o Urban Beach encerrasse. E mais casos violentos continuam a acontecer noutros estabelecimentos nocturnos e as autoridades nada fazem. “O meu amigo está com o nariz partido, cheio de hematomas, olhos negros, esfaqueado no abdómen, mas eu sei lá se não foi você que fez isso a si próprio só para chamar a atenção? Onde é que está o vídeo com as provas? Não tem? Este vídeo? Sim, realmente os seguranças estão fora do recinto a acabar com a sua raça, mas já viu os números? Isto está ridículo! Em dois dias só tem 3 mil visualizações, 20 likes e 6 partilhas? Não chega. Divulgue lá melhor o vídeo e volte cá quando isto viralizar que nós depois tratamos do seu caso”, argumentou o polícia.

Autor: João Henrique
Publicado no Inimigo Público

1 comentário

  1. O meu comentário não tem nada a ver com o URBAN BEACH. Vou só aproveitar a ocasião para perguntar se por acaso o Web Summit quando fez o jantar no Panteão Nacional, se lembrou de convidar as personalidades que estão lá nos túmulos – EUSÉBIO – AMÁLIA, SOFIA MELLO BREYNER, ETC., também os terá convidado para participar do banquete.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado.


*